Universidade Federal de Uberlandia
Instituto de Geografia
Laboratorio de Ensino de Geografia

Revista de Ensino de Geografia

ISSN: 2179 - 4510

Início A Revista Normas Edições Anteriores Contato

Volume 6, número 11, jul./dez. 2015.

USO DE GEOPROCESSAMENTO EM PROJETOS NA EDUCAÇÃO BÁSICA

Samuel Ferreira da Fonseca e GustavoLino Mendonça

 

RESUMO

O presente trabalho expõe alguns dos resultados alcançados com a execução dos projetos: “Revitalização da sub-bacia do Córrego das Pedras, Buritizeiro/MG - RCP” e “Geotecnologias na Educação: análise, interpretação de dados censitários e representação geográfica - GEOTEC”. Em síntese, o primeiro projeto trabalhou com palestras de conscientização e sensibilização ambiental, aulas de campo em forma de visitas técnicas e plantio de 50 (cinquenta) mudas de espécies nativas do Bioma Cerrado, na sub-bacia hidrográfica do Córrego das Pedras. No segundo, os alunos trabalharam no mapeamento e georreferenciamento dos espécimes plantados utilizando-se de receptor de sinal GPS (Sistema de Posicionamento Global). Por fim, já em sala de aula, transmitiram os dados coletados para microcomputadores com o auxílio de software específico. Além disso, geraram produtos para análise espacial com a elaboração de mapas coropléticos de temas típicos da geografia como população urbana e rural, Produto Interno Bruto - PIB e Índice de Desenvolvimento Humano - IDH. Ao demonstrar que a geografia está presente no cotidiano, que existem ferramentas tecnológicas acessíveis inclusive para a aplicação da geografia na melhoria da comunidade, conclui-se que o geoprocessamento, quando aplicado dentro de um planejamento coeso (ainda que carente de recursos) é capaz de aproximar o ambiente da educação formal básica à atividade da ciência e pesquisa, além de despertar a atenção do aluno para a importância não apenas da geografia, mas da própria escola, tanto para o seu futuro pessoal quanto para a sociedade na qual estão inseridos.

Palavras-chave: Geoprocessamento. Ensino. Educação Ambiental. Novas Tecnologias.

 

GEOPROCESSING AND APPLICATION PROJECTS IN BASIC EDUCATION

ABSTRACT

This work presents some of the results achieved with the implementation of projects: "Revitalization of the sub-basin of the Córrego das Pedras, Buritizeiro, Minas Gerais, Brazil - RCP" and "Geotecnologies in Education: analysis, interpretation of census data and geographic representation - GEOTEC". In summary, the first project worked with awareness and environmental awareness lectures, field classes in the form of technical visits and planting fifty (50) seedlings of native species of the Cerrado, in watershed of the Córrego das Pedras. In the second, students worked on mapping and georeferencing of planted specimens using a GPS receiver (Global Positioning System). Finally, back in the classroom, they transmitted the collected data to computers with the help of specific software. In addition, they generated products for spatial analysis with the development of choropleth maps of typical geography topics such as urban and rural population, Gross Domestic Product - GDP and Human Development Index - HDI. By demonstrating that geography is present in everyday life, there are affordable technological tools including the application of geography in improving the community, it is concluded that the GIS when applied in a cohesive planning (although lacking resources) are able to approximate the environment of basic formal education activity in science and research, in addition to awaken the student's attention to the importance not only of geography but the school itself, both for their future personal and for the society in which they live.

Keywords: Geoprocessing. Teaching. Environmental Education. New Technologies.

 

PARA VISUALIZAR CLIQUE AQUI